Controle virtual

29out09

O governo federal apresenta nesta quinta-feira os detalhes de um novo instrumento de fiscalização de trânsito, o Siniav (Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos).

Em alguns anos, todos os carros terão que andar com um chip que transmitirá para antenas espalhadas pelas ruas e avenidas uma série de informações sobre a condição do veículo e de seu motorista.

Assim, os órgãos fiscalizadores saberão em tempo real a localização exata desde quem está trafegando em situação irregular, sem licenciamento ou com multas e IPVA atrasados, a quem acabou de roubar um carro ou efetuar um seqüestro.

É apenas mais um instrumento à disposição de uma sociedade de controle em que os cidadãos se submetem cada vez mais a uma vigilância contínua, onipresente e invisível.

Fenômeno dos tempos pós-modernos, que se impõe ao mesmo tempo com força e sutileza em todo o mundo globalizado.

Nem por isso deixa de ser temerário, especialmente porque revela como os anseios de liberdade deram lugar aos desejos de segurança e punição, a ponto de abrirmos mão de liberdades individuais em favor de um Estado déspota, que aumenta seu aparato de fiscalização e a lista de condutas puníveis em nome de um suposto bem-estar coletivo.

Esta é basicamente a minha birra contra as leis seca e antifumo, cujos méritos em si não tenho como questionar. Como também não se questionará o novo chip se cumprir a promessa de revolucionar o trânsito nas grandes cidades, impedido que circulem os carros “clandestinos” – em São Paulo, onde o problema é mais grave, estima-se que sejam até 30% da frota.

Mais uma vez, contudo, é o caso de se perguntar a que preço. Rousseau dizia que se vive tranquilo nas masmorras sem que isso seja suficiente para que nos sintamos bem nelas e que não há qualquer recompensa para quem renuncia à liberdade. Para ele, “renunciar à liberdade é renunciar à qualidade de homem, aos direitos da humanidade e até aos próprios deveres”.

Anúncios


No Responses Yet to “Controle virtual”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: