Medo

10ago10

Há momentos muito singulares em que sentimos medo.

Não os medos cotidianos, que muitos nos perseguem.

Medo de verdade.

Foi o que senti quando as luzes do cinema acenderam-se, e os policiais entraram ordenando que abandonássemos a sala pela saída de emergência.

Bandidos tinham assaltado duas relojoarias no shopping e trocado tiros com os seguranças.

Um policial morreu.

Devidamente revistados, deixamos a sala, pegamos nosso ingresso de volta e seguimos em frente.

As dezenas de carros de polícia e ambulâncias em frente ao local, com seus vidros estilhaçados pelas balas perdidas, nos contaram sobre a real dimensão do ocorrido.

Não vi nem ouvi um tiro sequer, mas fui tomado pela mesma vulnerabilidade de quando tive uma arma apontada para a cabeça.

O assalto aconteceu às dez e meia. Cruzamos aquele corredor apenas dez minutos antes.

Impossível não reconstruir cada passo dado naquela noite e constatar que, por um capricho qualquer – um semáforo fechado, por exemplo – poderíamos ter sido alvos do fogo cruzado.

Recuso-me a pensar que fui beneficiado pela providência divina enquanto outro homem perdeu sua vida.

Ao mesmo tempo, como não agradecer? Está aí um paradoxo que minha teologia não explica…

Carrego apenas a sensação de que a morte passou perto.

E ela é assustadora.

Anúncios


3 Responses to “Medo”

  1. 1 Arlete

    É aquela velha história, sabemos de tudo que se passa e como se passa, mas apenas quanto estamos diante, próximos, a passos de distância, sentimos o que se passa.

  2. 2 Tatrix

    Nosso anjo da guarda nos protegeu, oras. 🙂
    bjs


  1. 1 RetrOvisOrio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: